Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


Agricultores de Nova Ubiratã (MT) comemoram entrega de títulos


Publicado dia 09/05/2018

Trabalhadores rurais do projeto de assentamento Piratininga, no município de Nova Ubiratã, a 482 km de Cuiabá, comemoraram a entrega de títulos de propriedade, na última sexta-feira (16). O assentamento foi criado em 1996, possui 28 mil hectares e capacidade para assentamento de 305 famílias. 
 
A solenidade aconteceu no Parque de Exposições da cidade e teve a participação do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, de senadores, deputados, prefeitos, servidores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), entre outros.
 
O Diretor de Obtenção de Terras e Implantação de Projetos de Assentamento do Incra, Clóvis Cardoso, afirmou ser esse um dia simbólico da “arrancada” da titulação dos projetos de assentamento e da regularização fundiária no Brasil inteiro.
 
“O Incra resolveu tomar uma nova diretriz política e não só assentar as famílias, mas regularizar aquilo que já tem. São 900 mil famílias no Brasil inteiro que estão assentadas sem o título de terra e, aqui em Mato Grosso, são mais de 15% da população assentada pelo Incra, então nós tínhamos que cumprir esse papel”, diz.
 
“Muitos dos conflitos existentes no campo no Brasil são decorrentes da falta de dominialidade, tanto na regularização fundiária quanto na questão da reforma agrária. E essa regularização está acontecendo agora, de forma efetiva. Até o final desse ano, o Incra deve titular em torno de 3 mil a 5 mil famílias no estado”, calcula.

Desenvolvimento Regional
Já prefeito de Nova Ubiratã, Valdenir José dos Santos, afirmou a importância da regularização para o desenvolvimento da região. “Estamos vivenciando um momento histórico para o município de Nova Ubiratã e do restante do país. É uma iniciativa que vem de encontro com o anseio dos nossos pequenos produtores rurais e que representa a certeza de dias melhores. Hoje estamos entregando 136 títulos, mas quero reafirmar nosso compromisso em continuarmos trabalhando a fim de contemplar todas as famílias assentadas”.
 
Para o ministro Blairo Maggi, a regularização dessas terras representa um  avanço, especialmente para os pequenos produtores rurais que passam a ter acesso a linhas de crédito, entre outros benefícios. “A entrega desses títulos visa corrigir uma falha no Programa Nacional de Reforma Agrária, uma vez que a terra era distribuída, mas o trabalhador não recebia o título definitivo de propriedade, ficando com acesso limitado ao crédito”, afirma.

 

Assessoria de Comunicação Social do Incra/MT
(65) 3644-1401
http://www.incra.gov.br/mt

 

Ir para o Topo