Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


AL: Comunidade Abobreiras tem território quilombola identificado em relatório


Publicado dia 22/08/2017
Crédito: Ascom Incra/AL

 

O território quilombola Abobreiras, localizado no município de Teotônio Vilela, em Alagoas, teve área de 487,8 hectares identificada no Relatório Técnico de Identificação e Delimitação (RTID), elaborado pelo Incra/AL e disponível em edital publicado no Diário Oficial da União de 26 de julho de 2017.

Os trabalhos da equipe multidisciplinar responsável pelo RTID tiveram início em 2012 e reuniram estudos sobre a origem, características, histórico e organização da comunidade Abobreiras, sendo parte da primeira etapa do processo de regularização fundiária do território.

Com a publicação do relatório, se estabelece um prazo de 90 dias para contestação. Após o julgamento das contestações e aprovação em definitivo do RTID, os próximos passos serão a publicação da Portaria de Reconhecimento do território, pelo Incra, seguido pelo Decreto de Desapropriação, pela Presidência da República. Depois da indenização aos proprietários, as famílias remanescentes de quilombos recebem o título de propriedade coletivo de suas terras em nome da associação comunitária local.

A comunidade

A origem da comunidade quilombola remonta ao final do século XIX, quando a terra indígena que passaria a ser o Sítio Abobreiras recebeu esse nome devido à abundância de abóboras no local. São 40 famílias, distribuídas em 37 residências, totalizando 169 pessoas, número que varia bastante em virtude dos muitos deslocamentos para centros urbanos ou povoados vizinhos.

A maioria da população do território (43%) se declara preta ou negra, número bem maior que a população do município, onde apenas 8% se autodefinem pretos. A agricultura é a principal atividade da comunidade, com cultivo de cana, maracujá, mandioca, feijão, milho, melancia, amendoim, abóbora, inhame, batata-doce, frutas e hortaliças e criação de animais.

 

 

 

 

Assessoria de Comunicação Social do Incra/AL
(82) 3201-1950 / 1961
ascom.maceio@mco.incra.gov.br
www.incra.gov.br/al

 

Ir para o Topo