Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


Criadas mais dez unidades de atendimento no Ceará


Publicado dia 05/09/2017
Foram capacitados técnicos das prefeituras de Aracoiaba, Baturité, Itapiúna, Bela Cruz, Massapê, Meruoca, Pacoti, Pacujá, Palmácia e Quixeramobim.
Crédito: Ascom Incra/CE

 

Mais dez Unidades Municipais de Cadastramento (UMCs) estarão disponíveis em breve para prestação de serviços do Incra a proprietários rurais no interior do Ceará. Na última semana, a superintendência da autarquia no estado concluiu a capacitação de técnicos para atendimento nas UMCs dos municípios cearenses de Aracoiaba, Baturité, Itapiúna, Bela Cruz, Massapê, Meruoca, Pacoti, Pacujá, Palmácia e Quixeramobim.

Nas unidades, os donos de imóveis rurais podem atualizar dados de suas propriedades no Sistema Nacional de Cadastro Rural (SNCR) ou obter o Certificado de Cadastro de Imóvel Rural (CCIR). O documento é indispensável para ações de desmembramento, arrendamento, hipoteca ou venda do imóvel rural, além de essencial para obtenção de crédito agrícola, já que é exigido por bancos e agentes financeiros. “A importância da UMC é bem clara quando as políticas públicas exigem comprovação do Incra, no caso, o CCIR”, diz Gulherme Brasil, chefe da divisão de Ordenamento Fundiário do Incra/CE.

Através das UMCs instaladas em parceria com as prefeituras proprietários rurais podem obter serviços do Incra no próprio municipio em que residem, sem necessidade de deslocamento à sede da autarquia em Fortaleza. Outro benefício é garantir atendimento presencial para parte da população que não tem acesso à internet ou facilidade no manuseio de ferramentas ou sistemas digitais. “A unidade possibilita o atendimento mais próximo e mesmo com a facilidade atual da internet tem gente que ainda não tem acesso ou facilidade de usar tecnologia, então é importante a presença de uma UMC no município”, opina Marcos Ribeiro, técnico da UMC de Pacoti, presente na capacitação.

Treinamentos
Nos treinamentos realizados nos municípios de Baturité e Massapê, entre 29 de agosto a 01 de setembro, os participantes receberam informações relativas ao SNCR e orientações teóricas e práticas para emissão de certificados e atualização cadastral. “No final do treinamento os técnicos estão aptos, em um primeiro momento, a consultar o sistema e a emitir o CCIR”, esclarece Lucieuda Luz, uma das servidoras do Incra responsáveis pela capacitação em Baturité. Após um período de avaliação no uso do sistema, os técnicos são liberados para receber documentos e preencher cadastros, que serão analisados pelos técnicos do Setor de Cadastro do Incra/CE.

 

Assessoria de Comunicação Social do Incra/CE
(85) 3299-1307
imprensa@fla.incra.gov.br
www.incra.gov.br

Ir para o Topo