Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


Festival de Derivados da Mandioca e Artesanato é realizado em assentamento no Pará


Publicado dia 03/10/2019

 

A comunidade Irurama - que integra o Projeto de Assentamento Agroextrativista (PAE) Eixo Forte, criado pelo Incra na região de Santarém (PA) - realiza nos dias 4, 5 e 6 de outubro o “16º Festival de Derivados da Mandioca e Artesanato”. O evento acontece desde 2004 e atrai centenas de pessoas ao assentamento.
 
Barracas construídas no estilo nativo, com paredes e cobertura de palha, foram montadas na área central da comunidade para demonstração do preparo da farinha, tanto pelo método artesanal quanto com o auxílio de novas tecnologias. Durante os três dias, serão vendidos produtos derivados como farinhas da mandioca e de tapioca, carimã, crueira, molho com tucupi, creme de tarubá, creme de tucupi e pudim de tarubá. Os visitantes também poderão comprar refeições para consumo no local e adquirir itens confeccionados pelo grupo de artesões e artesãs da comunidade.
 
O Incra é parceiro do festival, por meio da atuação da Consulte, empresa contratada pela autarquia para realizar o serviço de assistência técnica e extensão rural no PAE. Neste caso, ela ofereceu suporte aos comunitários para a divulgação e a preparação do evento. Além da Consulte, a Associação de Moradores da Comunidade de Irurama (Amovir) conta com o apoio das secretarias de Agricultura e Pesca (Semap), do Turismo (Semtur) e Cultura (SEMC) de Santarém.
 
O superintendente do Incra no Oeste do Pará, Gustavo Hamoy, falou da importância do evento para a região. “Esse festival é o momento de incentivo para os produtores, que além da valorização cultural e também turística, movimenta a economia local com a comercialização de seus produtos”, ressalta.
 
Segundo o diretor técnico da Consulte, Roberto Sardinha, os festivais da região Eixo Forte se reinventam a cada ano, garantindo o fortalecimento da agricultura familiar e do turismo, mantendo a cultura e tradição das comunidades da região. “O saber popular aliado a novas tecnologias aumentam a eficiência da produção local, promovendo o desenvolvimento e combatendo, assim, o êxodo rural, valorizando o futuro das próximas gerações e produzindo, sempre de forma harmoniosa com a natureza”, destaca Sardinha.
 
O diretor social da Associação dos Moradores da Comunidade de Irurama (Amovir), Jair Pedroso, cita a expectativa dos comunitários. “O festival contará com o tradicional desfile de rainhas, atrações artísticas e shows. Toda a comunidade está em festa, preparando tudo nos mínimos detalhes, para proporcionar um final de semana de muita diversão e experiências culinárias de qualidade”.
 
Na manhã do primeiro dia do evento haverá a solenidade de entrega da obra de ampliação do microssistema de abastecimento de água na comunidade, executada pela Prefeitura de Santarém, por meio da Semap.
 
Irurama e PAE
 
A comunidade de Irurama é formada, atualmente, por 210 famílias e tem como base da economia o artesanato, a produção de farinha e seus derivados. Localizada às margens da Rodovia Everaldo Martins (PA-457), em Santarém, situa-se a cerca de 15 quilômetros da sede do município.
 
O PAE Eixo Forte, onde se insere a comunidade, foi criado pelo Incra em dezembro de 2005 e possui 12.689 hectares, com capacidade para assentamento de 1,4 mil famílias. Na área, existem 15 comunidades.
 
Desde a criação do PAE Eixo Forte, o Incra tem investido na assistência técnica prestada aos assentados a fim de melhorar e ampliar a produção. Além da construção de centenas de casas, houve repasse de créditos em diversas modalidades às famílias. Os recursos obtidos foram empregados na aquisição de bens de primeira necessidade e na produção.
 
Serviço:
 
Programação 
 
4 de outubro (sexta-feira)
8h - abertura das barracas com venda de iguarias regionais e artesanato local com café da manhã comunitário;
11h30 – almoço com cardápio regional;
17h30 – solenidade de inauguração do microssistema de abastecimento de água da comunidade e abertura oficial do festival com celebração religiosa;
20h – apresentações artísticas, culturais e danças regionais.
 
5 de outubro (sábado) 
8h - abertura das barracas com venda de iguarias regionais e artesanato local;
11h30 – almoço com cardápio regional;
20h30 - apresentação da Rainha do Festival;
21h - seresta ao vivo.
 
6 de outubro (domingo)
8h - abertura das barracas com venda de iguarias regionais e artesanato local;
11h30 - almoço com cardápio regional;
16h - música ao vivo;
18h - bingo;
21 h - show com a banda de música.
 
Assessoria de Comunicação Social do Incra
(61) 3411-7404
imprensa@incra.gov.br
incra.gov.br
twitter.com/Incra_oficial
facebook.com/incraoficial
 

Ir para o Topo