Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


Incra discute ações voltadas para a reforma agrária em Roraima


Publicado dia 05/09/2016

 

O presidente do Incra, Leonardo Góes, participou de reuniões, dias 2 e 3 de setembro, em Boa Vista, para discutir questões ligadas à implementação de ações voltadas para a reforma agrária em Roraima. Além disso, ele compareceu à cerimônia oficial de abertura da colheita de soja no cerrado do estado – evento realizado na Universidade Federal de Roraima (UFRR) - que reuniu autoridades, agricultores, além de entidades ligadas ao desenvolvimento da agricultura.

A cultura de soja em Roraima ocupa cerca de 25 mil hectares. De acordo com projeções, a safra 2016 deve render algo em torno de 76 mil toneladas do grão e injetar R$ 80 milhões na economia do estado. O evento contou também com a participação do senador Romero Jucá; do secretário de Política Agrária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Neri Geller; e da prefeita de Boa Vista, Teresa Surita.

Papel do Incra

Nas reuniões de que participou, Góes destacou o papel do Incra em ajudar Roraima a estabelecer um modelo autossustentável de agricultura, com geração de renda e respeito ao meio ambiente. Segundo ele, a titulação de lotes e a emancipação de assentamentos podem alavancar o crescimento econômico em Roraima.

“A emissão de títulos dá maior segurança jurídica ao ocupante do lote, além de ampliar o acesso a linhas de crédito. A titulação é uma demanda dos assentados no estado e o Incra vai atendê-la. Tenho certeza de que essa iniciativa dará um novo impulso econômico a Roraima. O melhor é que podemos fazer isso respeitando o meio ambiente, sem desmatamento e de uma forma autossustentável”, ressaltou o presidente do Incra.

A série de reuniões abordou questões como zoneamento ecológico-econômico, licenciamento ambiental, regularização fundiária e política de assistência técnica aos assentados. O senador Romero Jucá destacou características que conferem a Roraima competitividade na agricultura. Segundo ele, posição geográfica, luminosidade, além da oferta de água e terra fértil dão aos produtores “plenas condições de desenvolver a cultura de grãos no estado”.

 

Assessoria de Comunicação Social do Incra
(61) 3411-7404
imprensa@incra.gov.br

Ir para o Topo