Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


Incra elabora diagnóstico de acampamentos de trabalhadores rurais no Espírito Santo


Publicado dia 07/06/2017
Crédito: Ascom Incra/ES

 

O Incra no Espírito Santo está realizando um levantamento de informações nos acampamentos do estado para compor um diagnóstico sobre as famílias de trabalhadores rurais. A ação tem como objetivo atender solicitação do Ministério Público Federal no Espírito Santo (MPF/ES), para identificar a situação dos agricultores acampados no norte capixaba e acompanhar a atuação do Incra na gestão dos potenciais beneficiários da reforma agrária.

O levantamento foi iniciado na última semana por técnicos da Ouvidoria Agrária Regional do Incra no Espírito Santo. Nesta primeira fase, a equipe percorreu nove dos cerca de 25 acampamentos estimados no estado, nos quais foi constatada a presença de 515 famílias.

Um dos responsáveis pela atividade, o assistente técnico do Incra/ES, Ricardo de Castro Rosa, calcula que o diagnóstico deverá ser concluído em breve, após a execução da segunda etapa da ação. “A proposta desse trabalho é produzir um documento que identifique a realidade de mais de mil famílias de trabalhadores rurais acampados no Espírito Santo e que resulte na melhoria do processo decisório a partir de ação de planejamento com fim a assentá-las em condições de produzir”, declara Ricardo.

Para facilitar o levantamento das informações necessárias ao diagnóstico e apurar a situação dessas famílias, foi elaborado um questionário, aplicado entre os trabalhadores rurais acampados e seus representantes. Embora os técnicos da autarquia tenham coletado alguns dados documentais das famílias acampadas, a ação não se caracteriza como cadastramento, tendo em vista a observação do Acórdão 775/2016 do Tribunal de Contas da União (TCU), que ainda não permite tal procedimento.

Antes do início das tarefas, o Incra realizou reuniões em cada acampamento com as famílias e suas lideranças. Durante esses encontros, foram debatidos também assuntos relacionados a cadastramento de famílias e suspensão de vistorias de imóveis para fins de desapropriação por conta da estiagem no estado, entre outras questões.

A equipe avaliou como importante a construção do diagnóstico, considerando que o documento deverá apresentar uma realidade mais confiável em termos de números. Esses dados costumam oscilar por razões como a ocorrência de conflitos agrários e a dificuldade das famílias em se manter sem água potável, saneamento e energia elétrica.

 

 

Assessoria de Comunicação Social do Incra/ES
(27) 3185-9084
ascom-es@vta.incra.gov.br
http://www.incra.gov.br/es

Ir para o Topo