Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


Incra, Funai e Idace vão identificar ocupantes em área indígena no Ceará


Publicado dia 24/03/2017

 

Em reunião na Superintendência Regional do Incra no Ceará, na manhã desta quinta-feira (23), ficou definido que técnicos da autarquia no estado vão cadastrar as famílias que não se consideram indígenas e realizar estudos acerca das benfeitorias existentes nas áreas que compõem a Terra Indígena Tremembé da Barra do Mundaú, localizada em Itapipoca, município a 135 quilômetros de Fortaleza. A ação será feita em parceria com técnicos da Fundação Nacional do Índio (Funai) e do Instituto de Desenvolvimento Agrário do Ceará (Idace)

A Superintendência do Incra/CE também fará um levantamento de áreas acima de 15 módulos fiscais em Itapipoca e região passíveis de desapropriação. O objetivo é destinar a área ao assentamento das famílias não índios que sairão de Tremembé da Barra do Mundaú, declarada área indígena em agosto de 2015, por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União.

Na próxima terça-feira (28) está prevista uma Audiência Pública, na cidade de Itapipoca (CE), para discussão acerca da participação de cada órgão no processo de definição do território indígena. Devem participar do evento representantes do Incra/CE, da Funai, do Governo Estadual, além do Ministério Público Federal.

Além do superintendente do Incra/CE, Marcos Cals, participaram da reunião representantes do povo indígena dos Tremembés da Barra do Mundaú, a representante da Fundação Nacional do Índio (Funai), Luciana Nogueira, a liderança indígena Adriana Carneiro de Castro, o chefe da divisão de Obtenção do Incra/CE, Luiz Alcântara, além do diretor técnico e de operações do Idace, Paulo Henrique Lobo e de representantes do Centro de Estudos do Trabalho e de Assessoria ao Trabalhador (Cetra).

Assessoria de Comunicação Social do Incra/CE
(85) 3299.1307
imprensa@fla.incra.gov.br
www.incra.gov.br/ce

Ir para o Topo