Portal do Governo Brasileiro
Logotipo Incra


Incra piauiense participa de capacitação de trabalhadores rurais


Publicado dia 13/06/2018
 
Organizada pela Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Piauí (Fetag), a Oficina Estadual de Formação e Capacitação para Acesso à Terra e Políticas de Permanência no Campo contou com a participação do Incra piauiense e nacional. O evento aconteceu dias 11 e 12 de junho, no Centro de Formação e Estudo Sindical dos Trabalhadores Rurais do Estado do Piauí, em Teresina.

O assessor da Diretoria de Obtenção de Terras e Implantação de Projetos de Assentamentos do Incra, Érico Goulart, falou sobre os desafios para a implementação do Programa Nacional de Reforma Agrária. Já o superintendente regional do instituto no Piauí, Sérgio Viana, respondeu às dúvidas e demandas dos representantes de vários acampamentos que estavam presentes no primeio dia do evento.
 
No segundo dia da oficina, a Divisão de Desenvolvimento de Projetos de Assentamentos falou sobre os desafios para consolidação da reforma agrária e respondeu às demandas dos representantes dos assentamentos.

Sobre a participação da autarquia na oficina, a vice-presidente da Fetag, Sandra Maria Leal, explicou que a parceria visa diminuir os problemas encontrados nos acampamentos e alguns assentamentos. “É uma parceria que a gente sempre tem buscado, na qualidade de representante dos trabalhadores rurais, principalmente dos que estão acampados e assentados. Esse é o momento que a gente tem para dialogar, trazer os nossos problemas e pedir que os responsáveis de cada área do Incra possam resolver. O nosso objetivo aqui, foi diminuir os problemas que a gente tem no tocante aos acampados e aos assentados do nosso estado.”

A vice-presidente da associação do Assentamento Bom Jardim, em Castelo do Piauí, Maria das Graças Alves, disse que gostou de participar do evento e ter o Incra mais próximo. “Eu ouvi muitas repostas positivas, mas, também, negativas, porque não tem condição de ser resolvida. A gente vê quando um caso é impossível e o Incra e o Estado não tem como resolver. Eu amei poder participar do evento e ouvir que o Incra só existe por causa de nós, fiquei orgulhosa”.

Contato

Para o superintendente Sérgio Viana, momentos como este propiciam um contato com os trabalhadores rurais. “Havia representantes de praticamente todos os municípios do Piauí. Isso é importante, porque a gente escuta as demandas, as dificuldades que os trabalhadores e as trabalhadoras têm e, a partir daí, pode traçar um planejamento para tentar, se não resolver tudo, porque nós temos nossas limitações, mas, pelo menos, minorar os problemas enfrentados por estas pessoas”.

Viana lembrou, ainda, que as demandas trazidas pelos trabalhadores ajudam a fazer um diagnóstico da situação dos assentamentos. “Os assuntos que eles trazem são os mais diversos. Desde processo de desapropriação, passando pela infraestrutura dos assentamentos, créditos, supervisão ocupacional, até chegar na titulação. Então, isso é muito importante, porque a gente tem um diagnóstico da situação e, a partir daí, tenta trabalhar de uma forma que possa melhorar essa situação.


Assessoria de Comunicação Social do Incra/PI
(86) 3222-1553
comunicacao.social@tsa.incra.gov.br
www.incra.gov.br/pi

Ir para o Topo